Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

...

 

 

Só por um segundo
Preciso te ver
Tenho saudades
Choro por você
Só por um segundo
Com essa inexplicável dor
Sofro por ti amor
Só por um segundo
Tenta esquecer
Deixa aquele passado
Mantenha tudo de lado
Só por um segundo
Tenho muito medo
Não consigo me calar, guardar esse segredo
Só por um segundo
Tentando entender
Porque meu mundo gira em volta de você?
Só por um segundo
Nessa inabalável solidão
Apenas um vazio no coração
Só por um segundo
Com você ao meu lado
Meus textos ficam mais encantados
Então volta só por um segundo
Pode ser apenas por um segundo...

Wesley

momentos_infinitos às 23:32
| O teu momento...
Sábado, 13 de Setembro de 2008

Perante o Amor

O amor é um milagre
que não acontece todos os dias...
Ele chega sem avisar,
toma-nos a maior parte do coração
e quando chega a noite,
ele queima por dentro de nós
O amor dá-nos asas 
faz-nos acreditar na liberdade, 
acreditar que é possível,
que alguém, em algum lugar,
faz tudo para nos ver feliz

O amor lapida até a mais antiga pedra. 
Faz-nos sonhar acordados,
perdoa-nos,
quando estamos errados 
Levanta-nos
quando não temos mais forças,
acarinha-nos,
quando estamos sozinhos.
O amor, pela simples palavra, 
faz-nos sentir importantes,

seguros
quando, muitas vezes,
estivemos no fundo do poço.
O amor,com a sua cor toda branca,
não pode ser manchado,
nem usado pra outros fins,
porque por ser intenso,
por ser maravilhoso,
deve ser cuidado,
deve ser acreditado,
pra que nunca,
em nenhum momento,
estejamos diante de um amor,
magoados...

momentos_infinitos às 14:54
| O teu momento... | Momentos teus... (7)
Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

O mar e a dor...

 

Depois de o sol se despedir do dia, beijando o mar com cores de paixão… Depois de a lua, timidamente se reflectir na imensidão das águas calmas, solto a alma e passeio pelo areal ainda quente de um dia de sol…

 

Caminho devagarinho, sentindo nos pés a areia que se escapa a cada passo deixando atrás de mim, um trilho de silêncio e solidão…

 

Tudo a minha volta se faz ausência. O mar canta a melodia de sempre e vai humedecendo meus lábios num beijo com sabor a despedida… Sinto o sal da saudade brotar no olhar que se fixa no horizonte…

 

Não me sinto perdida neste infinito de terra, céu e mar que se unem para me tornar ainda mais pequena, mas sim viva na dor que todos eles parecem carregar em meu peito.

 

Fico quieta ouvindo o lamento do vento que se perde em minha voz. Sinto-me só…

 

Faço do mar meu amigo e confidente e por estranho que pareça, ele dá-me a paz que minha alma necessita.

 

Madalena

 

momentos_infinitos às 10:43
| O teu momento... | Momentos teus... (2)
Quinta-feira, 14 de Agosto de 2008

Janela da alma...

 

Abro a janela da alma para um novo amanhecer…

Deixo-a aberta para quem quiser sair ou quem quiser entrar…

Quem me deixar, apenas leva parte de mim porque continua por inteiro comigo…

E quem por bem chegar, que se instale e descubra quem sou…

 

Abro a janela da alma…

 

Madalena

momentos_infinitos às 09:20
| O teu momento...
Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Madalena, Parabéns

momentos_infinitos às 14:04
| O teu momento... | Momentos teus... (1)
Domingo, 27 de Julho de 2008

Surgiste...

Depois de dias de chuva

o sol voltou a surgir timidamente

iluminando as lágrimas

que a natureza chorou

 

Uma sensação de aconchego

como um abraço invisível

percorre o meu corpo

 

Paro e fico em silêncio

tentando agarrar essa sensação

que lentamente me toma

possuindo-me

até explodir no meu peito

num raio de felicidade

 

 

Eu descobri-te e sei que existes

depois de tanta procura vã

de tantos amores que não o foram

apareces tu , que demorei a encontrar

sai do sonho e lá estavas tu, esperando-me

pronta para me abraçar

 

E pergunto a Deus

onde estavas tu?

Porque demoraste?

Porque ficaste tanto tempo

ausente da minha vida

deixando-me tão sozinho...

momentos_infinitos às 18:12
| O teu momento...
Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

Amizade...

 

 

Existe muitas maneiras de se dizer amo-te… mil e uma forma de dar nosso carinho, de mostrar nosso afecto. Dizem que o amor é tão imenso que cabe nele todas as formas de bem querer…

 

Alguém muito especial, disse um dia que a amizade era o amor mais bonito, o mais sincero e o mais verdadeiro, pois não precisa de ocultar os sentidos e está sempre atento a todas as emoções…

 

Descobri hoje que é verdade… Que não importa o jeito que se ama se esse amor for sincero.

 

Ouvi também em algum lado que o amor é a amizade que pegou fogo… Também acredito que sim. Mas em alguns casos é preferível manter o vulcão da paixão apenas a meio gás. As explosões podem estragar aquilo que temos de mais bonito…

 

E se no amor, as tempestades trazem a bonança, na amizade, essas mesmas tempestades trazem o conhecimento e a confiança partilhada…

 

Mas não devemos ter medo dizer a um amigo que o amamos… pois essa é uma verdade absoluta…e não só minha… se são amigos de verdade, então amamos sim!

 

Madalena

 

 

momentos_infinitos às 19:25
| O teu momento... | Momentos teus... (3)
Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

Lendas

Contam-se em lendas de amor

cantadas por velhos poetas

que recitam

versos tristonhos

à lua que os ouve serena

sem parar de os iluminar

que os casais enamorados

apaixonados, encantados

vivem em si o tormento

aquele velho sofrimento

que sempre vem com o amor

tormento doce e amargo

feito do sabor a pecado

no momento eterno de um beijo

quando duas bocas se tocam

e as mãos se unem em prece

num momento em que apetece

unir os corpos

unir a vida

mas sempre existe o momento

aquele que é sofrimento

porque o amor é assim

mel com gosto a espinhos

doçura com travo a menta

e quando a boca se inventa

num momento de ternura

vem o espinho da amargura

é sempre a dor que perdura

nesse sonho de amor

o mais belo sentimento

é loucura , é paixão

mas será atrevimento

algum mortal sentir

que pode amar

sem existir

no fundo da alma, o tormento...

momentos_infinitos às 07:11
| O teu momento...
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Uma história de encantar...

 

Nasci numa história de encantar, onde não há princesas, dragões ou cavaleiros andantes. Não existem batalhas para travar, vitórias para festejar nem casamentos para celebrar.

Não tem castelos de torres altas, nem terras longínquas para conquistar.

 

Nasci numa história de encantar que não começou com “era uma vez”, que não incluiu bruxas más nem madrinhas boazinhas. Onde não há carruagem feitas de abóbora nem hora marcada para desfazer qualquer feitiço.

 

Nasci na ilusão que as palavras ao vento criaram, inventando uma história de encantos. Fui feiticeira de emoções, fada de sensações…

Colocaram-me asas de ternura feitas com as penas de uma alma sofrida.

 

Nasci no desejo de voar nos sonhos nunca antes sonhados, tão distantes de alcançar como a linha do horizonte. Na vontade de chegar sem nunca ter saído do mesmo lugar, a certeza de ser sem nunca ter sido.

 

Nasci numa história de encantar em que as palavras foram folhas ao vento, em que as rimas foram melodias, em que as emoções foram magia. Deram-me asas de sonho e fizeram-me voar pelas sensações mais bonitas.

 

Nasci numa história sem fim por nunca ter sido contada. Uma historia de encantar escrita nas paginas do livro da vida…apenas minha. Uma história que acabou mesmo antes de começar… nasci e morri numa história de encantar!!

 

Madalena

 

momentos_infinitos às 11:33
| O teu momento... | Momentos teus... (1)
Quinta-feira, 12 de Junho de 2008

Amor em documento

Que se faça saber
que este presente documento
é um testamento de amor.
Lavrado no riso do vento
e na maciez da flor.
Que fique registado
que deixo o meu maior bem
a quem nunca me magoou.
Pedaços de mim comprovam
a ilusão de quem só me amou.
E quem por mim fala
é a minha própria poesia.
Que a minha alma cria

e que é dessa herança firmada
no tempo de toda a paixão,
nos autos do meu coração.
Que a minha vontade seja
ouvida e respeitada

por assim ser, lego
todos os meus poemas de amor
onde tudo de novo começou.

Sacramento por meio deste
que para sempre me terás a mim,

à minha nova poesia também

a parte mais nobre de mim
Que fique rectificado que não

te quero perder
é musica para mim , a tua voz
que te amo mais que tudo
não penso mais em mim

mas sim em nós.
Diante do agora exposto,
deverá  a minha vontade ser respeitada,
pois sei que sempre terás o que te dei.
E por assim ser, deixo para ti,
a melhor parte de mim
Que seja cumprido o testamento de amor.
Que seja esquecido o passado.
Que seja proclamada esta paixão.

De que são testemunhas

o mar e o vento
Nos expostos termos
Peço deferimento

momentos_infinitos às 07:44
| O teu momento... | Momentos teus... (3)

.mais sobre mim

.Nossos

Danablu

Momentos que aqui vão ser soprados na magia das palavras que se fazem sentido e emoção. Pensamentos soltos de dois corações amigos que se juntaram nas entrelinhas que a vida escreveu. Não foi por acaso que nos conhecemos, nem foi por coincidência que continuamos aqui… Mas é com certeza com muito orgulho que somos amigos e com honra que hoje partilhamos esta página onde todos poderão ler as palavras que são nossos sentidos, sonhos, parte de nossa vida… vida de cada um de nós…e da vida que nos une aqui… Partilharemos aqui com vocês as gotas de nossas almas!!

.Nosso Tempo



.Escreve-nos...


Image Hosted by ImageShack.us momentos_infinitos@sapo.pt

.Meu selo...


fg.jpg


.Selo do Blog do Gonçalo


.Selo do blog da Madalena


Image Hosted by ImageShack.us

.Selo do nosso novo blog


Image Hosted by picoodle.com

.Momentos recentes

. ...

. Perante o Amor

. O mar e a dor...

. Janela da alma...

. Madalena, Parabéns

. Surgiste...

. Amizade...

. Lendas

. Uma história de encantar....

. Amor em documento

.Momentos passados

. Junho 2010

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Amigos a visitar-nos

online

.Meu contador